18 de ago de 2007

Canção da mulher que escreve

(Sobre o escrever...)
.
..
Gerard Terborch - 1655
.
..
. Não perguntem pelo meu poema:
Nada sei do coração do pássaro
Que a música inflama.
Não queiram entender minhas palavras:
Não me dissequem, não segurem entre vidros
Essas canções, essas asas, essa névoa.
Não queiram me prender como a um inseto
No alfinete da interpretação:
Se não podem amar o meu poema, deixem
Que seja somente um poema.
.
Lya Luft
.

2 comentários:

Evelyne Furtado disse...

Leonor, seu blog ainda está mais bonito, amiga! Lya Luft me trouxe aqui com esse poema lindo, que pode ser a canção de todas as mulheres que escrevem. Parabéns e muito obrigada por me receber nesse cantinho lindo!
Beijos.

Leonor Cordeiro disse...

Sua presença alegra o meu coração .
OBRIGADA, OBRIGADA, OBRIGADA !