15 de dez de 2007

CONDIÇÃO DO HÁBITO



.

.nunca consegui ser pouco
.
.com o tempo fui encolhendo os
braços e ressurgindo em asas
.
zanzei pelo desvelo
de ser triste
.
cometi agruras
e guardei algumas poucas e
necessárias euforias
.
cumpro o rasgo que me cabe
quando por inteiro me revelo
em derme e em pelo
.
e no que há de espesso
sou mesmo um sincero avesso
.

Lau Siqueira

.

Nenhum comentário: