8 de jun de 2008

PEQUENOS ANÚNCIOS

.
.
.
PEQUENOS ANÚNCIOS
.
1. Perdeu-se uma alegria:
impossível precisar o instante
e muito menos o ano, o mês ou dia.
gratifica-se a quem a devolver
mesmo danificada:
é bem melhor meia alegria
do que nada.
.
.
2. Foi roubada a lua
da noite da minha rua:
implora-se ao ladrão
que a devolva
em mãos.
.
.
.
.

2 comentários:

Dois Rios disse...

Essa é a dor da perda. Até parece loucura, mas as vezes vale uma dor que consome, exaure e maltrata, do que o vazio de tudo. Sofrer é uma forma de manter o peito ocupado.

Bjs.

Leonor Cordeiro disse...

O vazio é dilacerante !