24 de set de 2008

(Essas interpretações...)

.
.

.
.
"Mas, afinal, para que interpretar um poema? Um poema já é uma interpretação."
.
Mario Quintana
.
.
.
.

Um comentário:

OiYes disse...

Hahaha, excelente frase, ótima sacada... nunca pensei assim.