3 de jan de 2009

Murid Al-Barghouti ...

.
Todos chegam ao seu destino
o rio, o comboio
a voz, o navio
a luz, as cartas
o telegrama de condolências
o convite para jantar
a mala diplomática
a nave espacial
Todos chegam ao seu destino
excepto…os meus passos ao meu país.
.
Murid Al-Barghouti ( Palestina)
trad. de Albano Martins
.

29 comentários:

elvira carvalho disse...

Depois de uns dias de ausência, (desta vez foi o PC que foi para o hospital) estou de regresso.
Agradeço-lhe e retribuo os votos de bom 2009.
Um abraço e bom fim-de-semana

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Leonor, não resisi e fui ler também o Havana-me, caramba, confesso que me arrepiei aqui, acho apesar de tudo que a história de Cuba é um diferencial sim, que vai muito além dos nossos egoísmos. Por isso talvez até muios deles não consigam ficar por lá, é necessária uma grande dose de entendimento, de soliariedade e saber viver em comunidade onde o interesse maior não é o "EU" e sim o "Nós"...Eu tinh uma visão diferente do Che, mas depois que vi o filme Diários de uma motocicleta, pude entender muita coisa, principalmente a frase "endurecer sem perder a ternura", a cena em que ele atravessa o rio para comemorar o aniversário com os leprosos é qualquer coisa de muito lindo...eu até chorei...rs...Quanto ao poema da Palestina, não é fácil uma guerra que já dura décadas e nada se resolve...è Leonor, voc~e desta vez mexeu comigo viu! Um grande abraço, deixo um poema que fiz numa outra época em que esta guerra fez muitas vítimas como já estamos cansados de ver nos noticiários...valeuuuu Leonor...obrigado pelas postagens...

HOMENS E BOMBAS

MINHA FACE RUBRA É PÁLIDA
DE RUGAS FRIAS E UNGIDAS
MINHA VISÃO FERIDA É ÁCIDA
DE FLORES MORTAS E CAÍDAS
MINHA ALMA FRACA É CÁLIDA
DE TORPES SONHOS SUICÍDAS
MINHA PELE SANGRA E É DESPEDIDA
DE ANSEIOS BONS E DE OUTRAS VIDAS
MINHA GUERRA É SANTA E DESMEDIDA
DE CAUSAS FALHAS E FALÍDAS
MINHA BRAVURA É VÃ E HOMICIDA
DE ÂNSIAS PLENAS E PERDIDAS
MINHA MORTE INSANA É PROMETIDA
DE FALSAS HONRAS ESQUECIDAS

Chris disse...

Me emocionou ver a fotografia e o texto tão cheio de um coração que busca a cama de seus pés, nossa pátria, os que são livres desses problemas, não tem noção, da importância interior que todos temos, de Porto Seguro, em nossa pátria e origens

Muito profundo.

Um ótimo dia querida.

EAD disse...

Oi, leonor. Lindísimo o post sobre a gureea, os antigos tb são. Sua sensibilidade é enorme. Bjs

Carla M disse...

Leonor,
Passei para retibuir os votos para um super 2009, para você e toda a sua família.
Aproveito para dizer que amo Rubem Alves e adorei o texto que deixou no Mulheres 3.0 Plus...
Bjôooooo

mariam disse...

Leonor,

este poema, faz-me deixar-lhe uma petição :)

renovo os votos de um BOM ANO!

deixo-lhe um abraço em forma de arco-íris e o meu sorriso :)
mariam


não nos temos visitado muito! :)

Naurelita Maia disse...

Álvaro do Campos, aquele que olha por dentro de nós, porque seu olhar é outro, é inteiro e vasto.
Assim percebo a sensibilidade também da amiga Leonor. Fico cada vez mais encantada com os seus blogs, eu e minha filha Clarice (7 anos.
Postei algo sobre Inteligências Múltiplas e Sociedade dos Poetas Mortos. Dá uma olhadinha, tá? Deixa a sua opinião que, para mim, é preciosa.
Feliz Ano Novo!

Georgia disse...

Mais que bonito, é verdadeiro.

Bom dia!!!

Marisa Pimenta disse...

olá Leonor, foi bem de entrada de ano? Espero q sim e q 2009 te traga mta sorte. adorei esta poesia e a foto. apareça lá no vivendodehistorias q mostro um pouco da minha Niterói q amo. Bjks

linda disse...

I recently came accross your blog and have been reading along. I thought I would leave my first comment. I dont know what to say except that I have enjoyed reading. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.


Joyce

http://www.videophonesguide.com

Tatah Santini disse...

Post tocante... Tenha uma ótima semana! :)

Sabrina Davanzo disse...

Olá, Leonor!
nem sei como cheguei ao seu blog..
fui olhando uma coisa, outra e vim parar aqui... acho que nunca mais eu saio, estou lendo todos os posts!
Adorei, parabéns!
Estarei sempre por aqui!

Leonor Cordeiro disse...

Para Elcio:

A cena do filme que você citou foi mesmo muito bela. Fiquei numa aflição torcendo para que ele chegasse a outra margem do rio ...
Amei o poema!
Seu comentário foi um presente.
Estou longe de casa, viajando pelo interior de SP. Estou nesse momento em Ribeirão Preto.
Grande abraço!

Leonor

Leonor Cordeiro disse...

Para Elvira:

Ainda bem que o seu PC voltou em plena forma.
Estou viajando, volto em fevereiro.
Vou tentar sempre fazer as postagens para matar a saudade dos amigos.
Grrraannnde abraço!

Leonor Cordeiro disse...

Querida Chris,

Obrigada pela visita e pelo comentário .
Esse poema é mesmo fantástico. Me emocinou .
A questão atual (e antiga)da luta entre judeus e palestinhos é dramática.
BJS!!!!

Anny disse...

Leonor!
Parabéns!
Belas palavras.

Feliz Ano Novo!
Beijos
Anny

Hercília Fernandes disse...

Que texto mais genuíno, Leonor!? Muitíssimo belo, quase se pode tocar a alma e os sentimentos do poeta.

Forte abraço,
Hercília F.

DILERMArtins disse...

Deu um nó na garganta...

Leonor Cordeiro disse...

Para Carla:

Acabei de visitar o seu blog e cometi um "pequeno" ato falho...rsrsrs
Depois olhe o comentário...
bjs

Leonor Cordeiro disse...

Para Naurelita:

Já li a postagem que você indicou.
Parabéns!!!
A verdadeira educação é sempre libertadora. O verdadeiro educador é acima de tudo um companheiro de viagem...
bjs!!!

Leonor Cordeiro disse...

Para Mariam:

Obrigada pelo carinho!
Deixei um recadinho para você em seu blog.
Quando voltar da viagem visitarei os blogs das amigas e amigos com o maior prazer.
BJS!

Naurelita Maia disse...

Querida Leonor, compartilho contigo o Prêmio Dardos, pois o seu blo tornou-se para mim, um espaço de referência para a boa leitura e as boas idéias.
Passa lá, tá?
Beijocas

Áurea disse...

Querida Leonor,

Demorei mas apareci, viajei no natal e já voltei a algum tempo, mas tirei uma folga dos blogs.
Estou recomeçando bem devagarinho.
Muito obrigada por sua visita no Aukimia, obrigada por estar presente sempre. Não imagina como isso me deixa feliz!
Espero que seu ano seja repleto de coisas boas, realizações, paz, enfim, tudo de bom!
Grande beijo com carinho.
Áurea

Flor ♥ disse...

Oi, Leonor... uma postagem mais do que apropriada, que nos deixa sensibilizados pela situação da Palestina. Obrigada!

lilian almeida disse...

adorei o poema lindo mesmo estou acompanhando seu blog se puder acompanhar o meu tb...bju

caurosac disse...

Olá querida Leonor Cordeiro, a paz precisa habitar o coração destes homens. Que a mão de Deus caia sobre eles, para o bem das pobres crianças.

Saúde e paz.
forte abraço

caurosa

Márcia disse...

"Um dia a gente vai perceber,


Que não se prende pássaros


e nem corações...


E que estar juntos,


não é estar ao lado...


Mas sim do lado de dentro ."

Bom fim de semana...bjusssssssss

Leonor Cordeiro disse...

Para os visitantes:

Meus queridos, estou viajando, tentarei visitar todos os blogs para responder os bilhetinhos.
Grrrraaaaaannnnde abraço!
Com carinho,

Leonor Cordeiro

Leonor Cordeiro disse...

Dear Linda,

I would like to thank your visiting to my blog. Thank you for your gentle commentary.
Kisses !!!