14 de fev de 2009

Infância


.
.
.
INFÂNCIA
.
Um gosto de amora
comida com sol. A vida
chamava-se "Agora".

.
Guilherme de Almeida
.

.

13 comentários:

Cosmunicando disse...

perfeito =)
e dá uma saudade...

Juℓi Ribeiro disse...

Leonor:

Belíssimo!


Estou impossibilitada por motivos de saude de visitar os meus queridos amigos blogueiros.
Admiro muito o seu trabalho
na blogosfera.
Sua sensibilidade e bom gosto sempre me encantam.
Um abraço fraterno e feliz.

João disse...

Tem um prémio lá no "Livros e Leituras" para este blog!

Abraços

Dalva M. Ferreira disse...

Que tudo!

acqua disse...

Boa tarde Leonor, tudo bem com vc? Espero que sim...
Que delícia esse pequeno verso, o sol até apareceu na nublada tarde paulistana. Tímido, mas cá está a brincar com as frestas por entre a cortina. Beijos meus

Compulsão Diária disse...

Beleza de Blog..e só vi este, dentre tantos que possui, e já quero acompanhar. Vi que é tradutora?
Escreve pra crianças. Magnífica!

Evelyne Furtado disse...

Se eu falar muito estrago. Simplesmente lindo! Bjo, amiga.

Sonia Schmorantz disse...

As vezes duas ou três frases falam mais que um longo poema, talvez seja porque elas sejam como uma chave que abre o arquivo de nossas saudades.
beijo

Sabrina Davanzo disse...

Ainda sou tão nova.. e já tenho saudades da minha!
boa semana, Leonor!

DILERMArtins disse...

Ótima escolha.
Parabéns!

Maria José Speglich disse...

Amei seu blog.
Pena que nos outros eu não pude entrar.

Beijos!

paulo disse...

Olá Leonor:

Pela qualidade do que você publica e beleza de seu espaço, incluí seu blog para receber o selo “olha que blog maneiro”, junto a mais 9 blogs pelos quais tenho preferência. Em aceitando o recebimento, ficarei muito feliz. Para pegar a imagem do selo é só dar um pulinho no meu blog “Perfume de Coração” – http://gluckall.blogspot.com . Obrigado pelas lindas publicações que faz e por sua amizade.

Carinho

Ana P. disse...

Tão breve e tão lindo.
Beijos