15 de mai de 2009

O leitor e o livro...



.

"Naquela época era muito mais difícil ter acesso às bibliotecas e livrarias. Por sorte, na minha casa tinha muitos livros porque o meu avô e a minha mãe gostavam de ler. Mesmo quando eu não sabia ler, a minha mãe, no pouco tempo que ela encontrava entre cuidar da casa, ajudar o meu pai a criar bicho-da-seda, lia para mim e meus irmãos.

O meu pai assinava uma espécie de revista japonesa (parecia mais um livro, muitas páginas, com lombadas grossas) que vinha um pouco de tudo. Contos clássicos, biografias, acontecimentos históricos, mangás e algumas brincadeiras como adivinhas, palavras cruzadas."

Lúcia Hiratsuka

.

19 comentários:

Dalva M. Ferreira disse...

É uma grande verdade. O amor à palavra escrita nasce no berço. Ainda que não fosse uma pessoa com estudos, mamãe não deixava de ler o seu jornalzinho, além dos Salmos...

Escrevo Palavras e choro poemas disse...

Seu blog ta lindo!

Madalena Barranco disse...

Leonor, querida! Esse vídeo diz TUDO.
Que saudade.. Eu adorava ler gibis à mesa do café da manhã.

Beijos, com carinho.

manuel marques disse...

"A leitura engrandece a alma "

Bom fim de semana querida amiga.

Beijos.

caurosa disse...

Minha cara amiga Leonor, "quem é vivo sempre aparece", que belo e educativo este vídeo, estamos precisando muito estimular a leitura em nossos jovens. Que bom seria se esta árdua tarefa começasse sempre na família.Parabéns pela postagem.

Muita paz,harmonia e inspiração em sua vida.

Forte abraço

Caurosa

Dois Rios disse...

Sim, Leonor, o espelho das crianças são os adultos.

Belo vídeo!

Beijo,
Inês

p.s. Muito obrigada pelas suas palavras carinhosas. Vindas de você, que tem um blog com tanta beleza e conteúdo, é deveras motivador.

Mari Amorim disse...

Adorei teu post,querida,
vim agradecer sua visita,e por estar seguindo o meu blog,sinta-se a vontade
volte quando quiser,leve flores tome um cafézinho virtual,voltarei
beijos
Mari

Cafundó disse...

Leonor, amei seu blog em homenagem a cecília Meireles, em tempos de tanta torpeza e sofrimento para nossas crianças, seu espaço é um oásis.
Quando pequena eu li muito "Ou isto ou Aquilo".
Beijos.

Leonor Cordeiro disse...

Dalva,
quando a leitura começa na infância se mistura a lembranças
de afagos de mãe...
bjs

Leonor Cordeiro disse...

Escrevo Palavras e choro poemas:

Estou muito feliz com a sua visita.
Gostei muito do seu blog, cada postagem melhor do que a outra.
Acabei de encontrar um poema de Alejandra Pizarnik.
Voltarei sempre !
Grande abraço!

Leonor Cordeiro disse...

Querida Madalena,

Que bom saber que o vídeo despertou lembranças tão boas: você menina lendo gibi na mesa do café da manhã...
Um caminhão carregadinho de abraços e beijinhos para você !

Leonor Cordeiro disse...

Manuel,
Acabei de encontrar lindas rosas em seu blog e me lembrei de Cartola e sua música-poema.
Um ótimo final de semana para você também !
bjs

Leonor Cordeiro disse...

Caurosa,

Acabei de visitar o seu blog e encontrei um mutante por lá ...
Espero que essa criatura não leve você para longe fazendo com que você novamente desapareça do meu blog....rsrsrs
Graaannnnnnnnde abraço!

Leonor Cordeiro disse...

Inês,

Seus comentários sempre distribuem carinho e atenção.
bjs!

Leonor Cordeiro disse...

Mari,

Obrigada pelo carinho.
Um café com pão de queijo marcará nosso próximo encontro...rsrsrs
bjs!

Leonor Cordeiro disse...

Alyne,

Bom saber que você gostou do MUNDO ENCANTADO DE CECÍLIA MEIRELES. Adoro levar para as crianças os poemas da Cecília e ajudar a estimular nessas crianças o amor pela escrita e pela leitura.
Mil beijinhos!!!

Sônia Brandão disse...

Cansei de ouvir pais dizendo que os filhos não gostam de ler. Eu sempre pergunto: E você, gosta? Tem livros em casa? As respostas são quase sempre as mesmas: "Não gosto muito não." " Tem um ou dois livros lá em casa." Como podem desenvolver nos filhos o gosto pela leitura se não lhes dão o exemplo e nem a oportunidade?
As pessoas gastam horrores com porcarias e dizem que não compram livro porque é caro.
Beijos.

Georgia disse...

Liiiiiiiiiindo Leonor!

Bea - Compulsão Diária disse...

Tão generoso seu blog. Pleno de esclhas minuciosas.
Parabéns