7 de jul de 2009

.
.

Filósofos, poetas e o mais comum dos mortais sabem que o tempo não para. O problema é que todos os corpos levam a sério demais essa verdade e começam a cerimônia do adeus logo no nascimento.
.
Leonor Cordeiro

15 comentários:

angela disse...

Querida Leonor
Os dias devem ter sido dificeis espero que já seja passado, que esteja bem.Preparando-se para nos trazer essas coisas lindas que sua delicadeza compõe, se for mais complicado, nos conte o que quiser, o que precisar, se a conversa for de silencios, estarei aqui ouvindo e pensando em você.
beijos

manuel marques disse...

Depressa: o tempo foge e arrasta-nos consigo: o momento em que falo já está longe de mim .

Beijo.

Graça Pereira disse...

Querida Leonor
Senti a sua falta e rezei por si.Desejo de todo o coração que o mau tempo já tenha passado. Rasgue as nunvens e deixe o sol brilhar dentro do seu coração. Tudo é vida e o Senhor da Vida ampara-a nas suas mãos e abênçoa a fragilidade deste momento.ELE ESTÁ DESEJOSO DE A VER FELIZ, PORQUE É ASSIM QUE ELE AMA OS SEUS FILHOS. Confie e Ele fará o resto. Beijos Graça.

Renata de Aragão Lopes disse...

Boa reflexão, Leonor!
Um beijo.

selma disse...

Leonor,
Verdade!
Caminhamos sempre para o fim, para o começo, não é paradoxal?
Abraços poéticos,
Selma

JAIRCLOPES disse...

Ótimo texto. Também escrevi sobre o tempo em meu blog: www.jairclopes.blogspot.com

Liza Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Liza Santana disse...

Olá Leonor. Passei pelo seu blog e achei muito interessante sua postagem. Sou uma iniciante na arte de escrever, mas entendo e sinto o significado de tudo aquilo que vejo.

Ótimo texto.
Bjo

Lou Vilela disse...

Pois é, Leonor... morremos um pouco a cada instante! Texto reflexivo.

Abraços,
Lou

DILERMArtins disse...

Mas bah, Eleonor.
Faço votos de que mchegue ai BOM TEMPO!

Marilisa Peeters disse...

OI Leonor,
Passei por aqui por acaso, mas gostei demais e voltarei sempre.
Vi, no teu perfil, que és filósofa. Sou também.
Se quiseres dar uma passadinha lá em casa o endereço é: http://pensoinsisto.blogspot.com
bjs,
Marilisa

Doroni Hilgenberg disse...

Leonor

Pois é,o tempo não para e é eterno.
Nós só passamos pelo tempo, e nessa passagem, saber viver é tudo.
bjs

Cybele Meyer disse...

Olá querida Leonor

Amanhã tem vídeochat às 10h30 sobre “Consumo Consciente” veja detalhes em http://migre.me/5I5N
Está dada a largada para a Blogagem Coletiva.
Vamos fazer com que seja um sucesso!
Conto com você!
abs

disse...

Olá Leonor! Li alguns comentários e através deles e até do post em questão preocupei-me também. Não sei exatamente do que se trata, porém, uma ponte entre as leituras e com base em experiência pessoal digo ser inegável contrariar a natureza dos corpos e da sua fragilidade sim, entretanto, a mente e o coração, outros preferem dizer o espírito, a alma ou a Fé, que seja, jamais se dissipam, têm a vantagem sobre o corpo de sobressair-se de modo heróico. Seja o que passe, desejo que passe com muita dignidade. Bjins e até!

Tia Rose® disse...

Quem é vivo sempre aparece, não é mesmo? Andei meio sumidinha, mas estou aqui fazendo uma visita. Parabéns pelas atividades. Quando puder, visite meus outros blogs. Deus te abençoe. Bjs docinhos da Tia Rose

http://ensinandoeaprendendocomatiarose1.blogspot.com
http://ensinandoospequeninos.blogspot.com/
http://ideiaseartesdarose.blogspot.com/