4 de ago de 2010

Maria Limeira...

.
.
.
EXTINÇÃO
.
Se um dia dizimarem
todos os tigres
da face da terra,
eu vou virar onça-pintada.
.
(Maria José Limeira)
.
.

.

.
Maria Limeira onça-pintada
linda, valente, livre!
Sua alma passeia pelas florestas
sem medo das noites sem luar.
Maria Limeira onça-pantaneira,
olhar da natureza no cio.
.
(Leonor Cordeiro)
.
.

4 comentários:

angela disse...

Bonita conversa poética.
beijos

Glorinha L de Lion disse...

Que lindo poema! Cheio de força e com a energia das florestas...
Vim deixar-te um beijo.

Suzana Martins disse...

Isso é saudade e amor pelo verde!!!!!

Liiindo!!!

Beijos

Limeira disse...

Obrigada, Leonor, pela gentileza de divulgar minha Poesia! Saludos! Maria José Limeira.