15 de ago de 2010

Três dias com Florbela Espanca e Marcos Assumpção...

Primeiro dia...

.



AMAR

Eu quero amar, amar perdidamente!

Amar só por amar: Aqui...além...

Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente

Amar! Amar! E não amar ninguém!

.

.Recordar? Esquecer? Indiferente!...

Prender ou desprender? É mal? É bem?

Quem disser que se pode amar alguém

Durante a vida inteira é porque mente!.



Há uma Primavera em cada vida:

É preciso cantá-la assim florida,

Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

.

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada

Que seja a minha noite uma alvorada,

Que me saiba perder... pra me encontrar...

Florbela Espanca

Site do Marcos Assumpção

4 comentários:

Ingrid disse...

muito lindo! Gosto muito de Florbela. Há também um vídeo com o Falabella.

angela disse...

Ficou em ótima companhia. E que poema mais lindo escolheu. Consola minha alma.
beijos

manuel marques disse...

Lindissima escolha.

Beijo.

Madalena Barranco disse...

Leonor, querida!! Que alegria ter suas palavrinhas de apoio no Flor de Morango! Muito obrigada.

Que lindo seu posto, em que o amor merece ser vivido nest precioso agora.

Beijos felizes,
Madalena