9 de mai de 2011

Adélia...




Já mocinha, olhava minha mãe limpar um frango, estava calma e doce. Descansou a faca na mesa, pôs a mão na minha cabeça e me falou ensinando como boa mãe: olha aqui, Pia, um frango bem picado, contando com os pés e a cabeça, dá vinte e um pedaços. Achei que éramos especiais, pois sendo então uma família de sete pessoas, cabiam a cada um três pedaços exatos. Minha mãe me quer.

Adélia Prado
Quero minha mãe, Editora Record, p. 77


.

3 comentários:

Maria José Speglich disse...

Olá
Gostaria de conversar contigo por e-mail.
por favor me escreva é
mjspeglich@gmail.com

Obrigada.

Ana Claudia Marinho disse...

Leonor, só aqui para encontrar preciosidades como essa. Beijos e fui...

Pedra do Sertão disse...

Conhecendo o blog e já ficando seguidora. Abraço