30 de jan de 2008

Toda nudez será castigada?

.

.
.
TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA?
.
a casa era sólida e imponente
sua dona esnobe e arrogante
.
seus olhos não me viam
conseguia estar presente sem nunca se aproximar
.
eu
visita imbecil naquele mundo adverso
chorava entre o silêncio e a solidão
.
a noite encontrei baratas pela casa
na cozinha
na escadaria de mármore
no corredor
.
o mesmo inseto das ruas e esgotos
dominava inquieto o lugar
.
democráticas e kafkanianas baratas
denunciavam que a rainha

estava nua
.
.
Leonor Cordeiro
..

2 comentários:

Anônimo disse...

Encontrei o seu blog no Blog catalog.
Gostei das imagens e dos poemas.
Vou voltar mais vezes.
Eliane

Renata Christina disse...

Franz Kafka, impossível não dizer nada a respeito. Pego carona no seguinte texto:
"Michael Löwy viu que em Kafka, as organizações sociopolíticas e culturais são responsáveis, em grande medida, pelo sofrimento dos homens, mas esse sofrimento, não se reduz em seus escritos apenas a um produto do entorno, não provém exclusivamente do estranhamento e da hostilidade do mundo exterior. Ethos e Cosmos se integram, mas um não se dilui no outro. Em Kafka, um agulhão de estranhamento parece estar implantado nas próprias entranhas de cada homem e impede a possibilidade de uma síntese pessoal estabilizadora". (Por Enrique Mandelbaum in "Um fio vermelho em Franz Kafka")