9 de ago de 2008

(ainda sobre a infância ...)

.
.
.
. .
.
Dêem-me um arco e recriarei a infância,
os tordos sob a neve,
o rio sob as tábuas.
.
Dêem-me a chuva e a gávea
duma figueira,
a flor dos eucaliptos,
um agapanto de água.
.
Albano Martins
.
Pintura de Malu Delibo
.
..

2 comentários:

Dalva Maria Ferreira disse...

Bonitíssimo. Um daqueles abraços...

Gabriella Santos disse...

Muito lindo o poema e maravilhosa a imagem.
Beijos e ótimo início de semana.