25 de fev de 2009

Clube Literário - Machado de Assis e Guimarães Rosa... Estrela em poesia!

Em 2007, O MUNDO ENCANTADO DE CECÍLIA MEIRELES destacou o samba enredo da MANGUEIRA que homenageava a língua portuguesa. Ontem, encontrei a Mocidade Independente de Padre Miguel levando Machado de Assis e Guimarães Rosa para a avenida :

"Mocidade apresenta: Clube Literário - Machado de Assis e Guimarães Rosa... Estrela em poesia!"


Um pouco do enredo:

PRELÚDIO (1º ATO)

O NASCIMENTO DA ESTRELA MÍSTICA LITERÁRIA

Os inconfundíveis versos dessa estrela que brilha de uma fusão incandescente viajam em um tempo luzente, riscam o céu com a mesma intensidade de uma estrela cadente e iluminam a nossa querida Mocidade Independente.
Renascem em um sonho acordado e promovem a fusão de três corpos iluminados, que surgem no universo de uma explosão, resistindo ao calor da fricção. E em uma velocidade estonteante cruzam, para além do cosmo, a caminho do planeta Terra.
Com a força do tempo, os corpos iluminados vindos do firmamento − a Estrela da Mocidade Independente de Padre Miguel, Joaquim Maria Machado de Assis e João Guimarães Rosa − chegam, sob encantamento, ao encontro mágico e universal chamado Carnaval.
Fundem-se em uma só estrela, em um único foco de luz que irradia alegria, como se o astro rei, o Sol, fosse a sua única fonte de energia; orquestram-se em uma ópera popular, desfolhando-se em literatura, poesia, história e fantasia, que em forma de samba tudo se traduz. A estrela de luz da Mocidade nos conduz ao Clube Literário Machado de Assis e Guimarães Rosa... Estrelas em poesia!
Abram-se as cortinas... Aplausos!
Em uma celebração sem igual, a Mocidade Independente de Padre Miguel narra esta ópera inspirada em Joaquim Maria Machado de Assis e João Guimarães Rosa e apresenta o enredo do seu samba na seqüência de sete ATOS. "

.

A chegada de Guimarães Rosa:

5º ATO:

UMA ESTRELA ADORMECE – NASCE "O ROSA DOS VENTOS"

.
Adormece uma grande estrela e nasce a mais nova estrela na literatura moderna brasileira.
Daqui a pouco será crepúsculo. O sol, em fins de tarde de outono, estará brilhando morno sobre o Rio de Janeiro. Irá bater com sua luz nas janelas fechadas de um prédio antigo, no Cosme Velho. Ninguém o atenderá, porque o dono da casa, viúvo e solitário, saiu para um último passeio e não vai voltar. A estrela de Machado adormeceu!
Em um rastro de luz Machado de Assis faz a passagem para a imortalidade, como uma estrela que adormece, nos seios de sua eterna e amada Carolina, e que nunca se apagará... Contudo, como em uma explosão cósmica, surge uma nova estrela. Ressalta das páginas da história o nascimento de João Guimarães Rosa – Rosa de todos os ventos, o Rosa de Minas e o Rosa do mundo.
Lisonjeado, Guimarães apresenta os seus Brasis, segue encantado, como um “literato abençoado” que na folia chega pra dar o seu recado.

(Você pode conhecer todo o enredo no site da escola. )
.

Um comentário:

acqua disse...

Bom dia caríssima, li a respeito da Mocidade, mas não tive paciência para ver o desfile, li o samba enredo e toda as informações que encontrei sobre o desfila da escola e fiquei apaixonada pelo trabalho feito por eles. Aliás, já faz algum tempo que me fascina o trabalho das escolas de samba, mas juro que nem mesmo isso me motiva a assistir, não tem jeito. hehehe.
Excelente quarta-feira pra ti.
Beijos meus