2 de nov de 2009

La carencia

.
.
Yo no sé de pájaros,
no conozco la historia del fuego.
Pero creo que mi soledad debería tener alas.
.
Alejandra Pizarnik
( De Las Aventuras Perdidas )
.
Não sei sobre pássaros,
não conheço a história do fogo.
Mas creio que minha solidão deveria ter asas.

5 comentários:

José Carlos Brandão disse...

É muito boa a poesia de Alejandra Pizarnik. Doída, instigante. Valeu.

Um beijo.

angela disse...

A minha solidão também deveria ter asas e partir de vez em quando por este mundo a fora, quem sabe me contaria coisas novas e me faria companhia.
Lindo poema.
beijos

Dalva M. Ferreira disse...

Linda poesia: curta e direta. Thanks!

...aquela que voa disse...

A minha tem. Bjs :*

Orazal Catanduva disse...

Adorei seu blog, muito interessante ... To começando um sobre algumas coisas que escrevo, e ficaria muito feliz em receber críticas, se quiser dar uma conferida (www.sonetosmodernos.blogspot.com) ... Beijos!