8 de fev de 2010

He vuelto a ver los Álamos dorados...

ilustração de Patricia Metola
.
.He vuelto a ver los álamos dorados,
álamos del camino en la ribera (...)
.
.

.

He vuelto a ver los álamos dorados,

álamos del camino en la ribera

del Duero, entre San Polo y San Saturio:

tras las murallas viejas

de Soria – barbacana

hacia Aragón, en castellana tierra-.

.

Estos chopos del río, que acompañan

con el sonido de sus hojas secas

el son del agua, cuando el viento sopla,

tienen en sus cortezas

grabadas iniciales que son nombres

de enamorados, cifras que son fechas.

.

¡Alamos del amor que ayer tuvisteis

de ruiseñores vuestras ramas llenas;

álamos que seréis mañana liras

del viento perfumado en primavera;

álamos del amor cerca del água

que corre y pasa y sueña;

alamos de las márgenes del Duero,

conmigo vais, mi corazón os lleva!

.

Antonio Machado

10 comentários:

Andréa Motta disse...

Leonor, agora consegui visualizar normalmente seu blog. O fundo apareceu rapidamente e as letras estão em marrom.

Josete Zimmer disse...

Oi Querida Leonor!
Há quanto tempo heim? Precisou um pedido de socorro para eu aparecer... (ando muito ocupada com o Mestrado).
Então, seu blog inicialmente me apareceu com o fundo branco e as letras marrons. Após uns segundos ele ficou com o fundo marron e as imagens coloridas como acho que deve ser! Espero que tenha sido apenas um susto. Bjs,
Josete

Leonor Cordeiro disse...

Para Andréa e Josete:

Meninas queridas, obrigada pela ajuda. Acho que foi só um susto e tudo voltou ao normal.
Um caminhão carregadinho de abraços para vocês !!!

rafael Costa disse...

Oi leonor,

Obrigado pela sua visita, tenho gostaddo daqui também.

Beijo,

Rafa. )

Danilo de Abreu Lima disse...

leonor,
obrigado pelça visita e pela ades~]ao ao meu blog- também amo as palavras e quero fazer delças instrumento de permanência no mundo das coisas.
grande abraço
danilo.

manuel marques disse...

Lindo poema.

Beijos.

pedagogica mente blogando disse...

Tudo liiiiiiiiiiindo e com o toque da tua sensibilidade.....que delícia!bjs vera

angela disse...

Lindo poema.
O blog tem caprichos...como uma mulher mimada..rs
beijos

ju rigoni disse...

Muito tempo, hein!...
Espero que esteja tudo bem por aí, e que você tenha um ano novo repleto de saúde e alegrias.

Adorei sua visita! Você sabe que é sempre bem-vinda.

Bjs, Leonor, e inté!

Fernando Campanella disse...

Antonio Machado é meu favorito. Belíssimo poema.