4 de abr de 2010

Só Dez Por Cento é Mentira

.
.

.
Ficha Técnica

Título Original:
 Só Dez Por Cento é Mentira
Gênero:
Documentário
Direção:
Pedro Cezar
Produtores:
Kátia Adler
 Lully Villar
Pedro Cezar
Rafaela Treuffar
Elenco:
Bianca Ramoneda
Manoel de Barros
Joel Pizzini
Paulo Giannini
Adriana Falcão
Fausto Wolff
.


.
(cena extra)
.


.
Teologia do traste
.
As coisas jogadas fora por motivo de traste
são alvo de minha estima.
Prediletamente latas.
Latas são pessoas léxicas pobres porém concretas.
Se você jogar na terra uma lata por motivo de
traste: mendigos, cozinheiras ou poetas podem pegar.
Por isso eu acho as latas mais suficientes, por
exemplo, do que as idéias.
Porque as idéias, sendo objetos concebidos pelo
espírito, elas são abstratas.
E, se você jogar um objeto abstrato na terra por
motivo de traste, ninguém quer pegar.
Por isso eu acho as latas mais suficientes.
A gente pega uma lata, enche de areia e sai
puxando pelas ruas moda um caminhão de areia.
E as idéias, por ser um objeto abstrato concebido
pelo espírito, não dá para encher de areia.
Por isso eu acho a lata mais suficiente.
Idéias são a luz do espírito - a gente sabe.
Há idéias luminosas - a gente sabe.
Mas elas inventaram a bomba atômica, a bomba
atômica, a bomba atôm.................................
...................................................... Agora
eu queria que os verbos iluminassem.
Que os trastes iluminassem.
.
Manoel de Barros
in Poemas Rupestres. Rio de Janeiro, Record, 2007, p. 47
.
Leia:
.

8 comentários:

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Leonor...gostei por demais desse texto, palavra é uam coisa abstrata, talvez para alguns ela seja cocreta de alguma forma, para outros apenas pó que some na poeira do mundo...
lata não...essa se preenche, mesmo que seja de vazios...

Feliz Páscoa ao lado dos teus...

Um abraço na alma...adorei o texto...

Beijo

angela disse...

Linda postagem, nem precisa comentar, já veio plena, cheia.
beijos

Márcio Almeida Júnior disse...

Sou um admirador incondicional de Manoel de Barros. Gostei do post e do blogue. Parabéns!

Gisele Freire disse...

Hoje digo, sem sobra de dúvidas, que Manoel de Barros é meu poeta prefirido!
Gosto daqui :)
Bj
Gi :)

Gisele Freire disse...

preferido, sorry :)

...vivo postando coisas dele , é irresistível :)

Sylvia Araujo disse...

Ele me arranca fora as palavras, me desconstrói a cada leitura. Estou louca pra ver o filme. Espero que faça jus à grandiosidade desse poeta incrível!

Obrigada pelo carinho com as minhas letras, viu?

Adorei tudo por aqui.

Beijomeu

Fernando Antonio Pereira disse...

Olá Leonor!
Saudações Literárias...
Parabéns! Muito bom o espaço.
Sempre que puder voltarei.
Abraços de Luz.
Visite o ILUMINANDO A VIDA.

Rita Contreiras disse...

Estou MA-RA-VI-LHA-DA!!!!!