2 de out de 2010

Eugénio...

.
.
Sê paciente; espera
que a palavra amadureça
e se desprenda como um fruto
ao passar o vento que a mereça.
.
Eugénio de Andrade
.

18 comentários:

Primeira Pessoa disse...

ah, leonor... eug
enio é lindo.

angela disse...

Que bonito isso. A gente é tão impaciente...eu pelo menos.
beijos

AC disse...

É sempre tão bom (re)ler o Eugénio...!

beijo :)

manuel marques disse...

Com paciência e perseverança muito se alcança...

Beijos meus.

Maria disse...

Lindo poema, excelente cantinho, adorei.
"O poema é feito de palavras necessárias e insubstituíveis." (Octavio Paz)
Tenha um Domingo maravilhoso
Bjs do tamanho do infinito
Maria

Assis Freitas disse...

deixa-me merecer as bençãos do vento,


beijo

Sinho Livre disse...

olá,adorei o seu blog,em especial o texto acima.estou promovendo um "sarau" poético no blog SINAIS SUTIS (http://desenhospoeisiascomportamento.blogspot.com/) e gostaria que vc participasse.Caso não queira participar apenas o siga o blog para ser informado de eventos futuros.

obs.:
siga-me também(ao me seguir deixe-me um comentário para facilitar sua indentificação),pois já estou te seguindo.abraços.

Suzana Martins disse...

Preciso de paciência... rs

Beijos querida...

Que bom que vc voltou!!^^

Ingrid disse...

perfeito.. sentia falta de ti!
beijo.

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Oi, Leonor!

Vim avisar que fizemos algumas mudanças no blog Eu também leio, onde escrevo sobre livros em parceria com a Tempestade.
E ele acabou mudando de endereço também.
Sendo assim, quero convidar você, que já nos seguia no antigo blog, a nos visitar e seguir o novo, que agora se chama Universo Literário.

Visite, dê a sua opinião, mande suas resenhas, suas sugestões...

Enfim, o blog é pra todo mundo!

O novo endereço é

http://universoliterario1.blogspot.com/

Esperamos você por lá!

Beijos!

Sônia Brandão disse...

Que bom chegar aqui e encontrar Eugénio.

bjs

Mar Arável disse...

O nosso Eugénio

Sempre

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Que lindo, Leonor.

Infelizmente, esperar é algo que não sei fazer.
Não conhecia esse poeta, vou procurar mais coisas dele.

Beijo grande!

Uriel disse...

Hinei ma tov umanaim
Shevet achim gam yachad

[Quão bom e agradável é
Que irmãos vivam em comunhão]


http://www.youtube.com/watch?v=iq_qT6lvYpk

Ótimo domingo pra você.
Deus seja contigo.

Juan Moravagine Carneiro disse...

Finalmente estou conseguindo me reorganizar... logo estou voltando aos poucos....

abraço

e me desculpe pela minha ausência

abraços!

João Bosco Maia disse...

Estive já por aqui e cá estou outra vez. Belo espaço para as letras, para a poesia, para o pensamento... para tornarmos mais claros nossos caminhos! Ao mesmo tempo em que te mobilizo para removermos este triste índice de 2 livros/ano por leitor brasileiro (na Argentina são dezoito livros/ano),
te convido a conhecer meus romances. Em meu blog, três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.
Um grande abraço e boa leitura!

Cristina Bernardes disse...

Gostei muito.

Olhar disse...

Um lindo poema..

Sensibilidade de quem sabe observar a natureza, aliás ela tem muito a nos ensianar.

Beijos.