9 de out de 2008

Raison de vivre ...

Em 09 de outubro de 1998 faleceu o poeta, tradutor, crítico e ensaísta José Paulo Paes.
Em 1986, Carlos Felipe Moisés perguntou ao poeta:
.
-Você morreria se fosse impedido de escrever?
- Não, claro que não. Eu só morreria se não me deixassem comer. Agora, a verdade é que se eu não pudesse escrever meus poemas, meus ensaios, minha vida perderia talvez aquilo que possa justificá-la, não aos olhos dos outros, mas aos meus próprios. Há um poeta que aprecio muito, Paul Eluard, que gostava de usar a expressão "razão de viver". É freqüente na sua poesia isso que me parece bem francês, bem do cartesianismo francês, de procurar a razão das coisas. "Raison de vivre"... Eu hoje tenho na literatura, no exercício da criação literária, a minha razão de viver. Minha geração, que é coetânea da voga existencialista, sempre se preocupou muito com a questão do absurdo da existência e sempre achou que a empresa do homem era tentar achar uma justificativa, uma razão de ser, para contrapor a esse absurdo. Aquela coisa do mito de Sísifo, de arrastar o rochedo lá para cima, e ele vindo para baixo... A literatura, para mim, é uma das formas mais elevadas de dar sentido à vida, de lutar contra o absurdo existencial.
.
.
.
TERMO DE RESPONSABILIDADE
.
mais nada
a dizer: só o vício
de roer os ossos
do ofício
.
já nenhum estandarte
à mão
enfim a tripa feita
coração
.
silêncio
por dentro sol de graça
o resto literatura
às traças!
.
Os melhores poemas
Editora Global,São Paulo, 1998, p. 140
.
.
.
.
CONVITE
.
Poesia
é brincar com palavras
como se brinca com bola,
papagaio, pião.
.
Só que
bola, papagaio,pião
de tanto brincar
se gastam.
.
As palavras não:
quanto mais se brinca
com elas
mais novas ficam.
.
Como a água do rio
que é água sempre nova.
.
Como cada dia
que é sempre um novo dia.
.
Vamos brincar de poesia?
.
Poemas para brincar
Editora Ática, 1990

.
.
.
.
HINO AO SONO
.
sem a pequena morte
de toda noite
como sobreviver à vida
de cada dia?
.
Um por Todos (Poesia Reunida)
Ed. Brasiliense, São Paulo, 1986

.

.

Hoje, que se completa 10 anos da morte do poeta, vários escritores vão se reunir na Casa das Rosas, para ler poemas e dar depoimentos sobre Paes.
.
Data: 9/10, quinta-feira
Hora: 19h30
Local: Casa das Rosas
Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Av. Paulista, 37 – Bela Vista
São Paulo
.

3 comentários:

OiYes disse...

Não conheço as obras deste escritor mas só por esta excelente resposta já fico curioso em ler algo mais a respeito.

Anônimo disse...

Oi Leonor !
Gostei da postagem, gosto muito do José Paulo Paes.
O segundo poema eu não conhecia.
Carla

Anônimo disse...

Olá Leonor,
Estou fazendo uma pesquisa sobre blogs e encontrei o seu através do blog de andrea toledo. Quero deixar meus cumprimentos e dizer q amei o seu blog. Em breve, farei o meu blog. Estou fazendo um curso chamado Mídias Digitais, sou professora de Língua e Literatura em Salvador/Ba.
Saudações,
Morgana (morgana_pessoa@hotmail.com)